Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

neri-site
No comando: PROGRAMA MANHÃ 87 – LOCUTOR NERI NETO

Das 07:00 as 10:00

site-andrey
No comando: PROGRAMA CONEXÃO 87 – LOCUTOR ANDREY SALLES

Das 10:00 as 12:00

a-hora-do-forro-site-joao-bahiano
No comando: A HORA DO FORRÓ – LOCUTOR JOÃO BAHIANO

Das 12:00 as 13:00

jornal
No comando: JORNAL 87 FM NOTÍCIAS

Das 12:30 as 14:00

carvalho-de-justica-site
No comando: PROGRAMA CARVALHO DE JUSTIÇA – PASTOR JOSÉ ROBERTO

Das 13:00 as 15:00

val-silva-show-site
No comando: PROGRAMA VAL SILVA SHOW

Das 17:00 as 19:00

Casos de coronavírus e número de mortes no Brasil em 29 de abril

Compartilhe:
coronavirus

Os dados sobre o coronavírus no Brasil nesta quarta-feira (29), segundo levantamento  junto às secretarias estaduais de saúde. Foram registradas 5.104 mortes provocadas pela Covid-19 e 73.511 casos confirmados da doença em todo o país. O número de mortes no país superou o da China, que registrou 4.632 fatalidades pela Covid-19.

O número de casos deu um salto, com 5.385 novas confirmações de segunda-feira (27) para esta terça. Os óbitos também sofrem com o crescimento acelerado, com 474 em 24 horas. As fatalidades estão concentradas nos estados de São Paulo (2.049), Rio de Janeiro (738) e Pernambuco (508).

Com os dados atuais, o Brasil registra mais mortes que a China, que possui oficialmente 4.643 óbitos em decorrência da Covid-19.

Quarentena estendida

A fim de conter o avanço da doença, o governo de São Paulo ampliou a quarentena no estado até o dia 10 de maio. Segundo o governador João Doria, “Nenhuma aglomeração de nenhuma espécie em nenhuma cidade ou área do estado de São Paulo será admitida. As Guardas Municipais ou Metropolitanas deverão agir”, afirmou.

Situação no mundo

O novo coronavírus já infectou mais de 3,1 milhões de pessoas em todo o mundo, um marco alcançado apenas cinco meses depois de ter surgido na cidade chinesa de Wuhan. O número de mortos pela Covid-19 superou a marca de 217 mil mundialmente. Mais de 935 mil pessoas se recuperaram da doença.

Neste momento, os Estados Unidos, o novo epicentro da doença, já supera a marca de 1 milhão de casos confirmados e 58 mil mortes. Nova York é a cidade com mais óbitos: 17.682 mortes até então.

fonte: Olhar Digital

 

Deixe seu comentário: