Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

neri-site
No comando: PROGRAMA MANHÃ 87 – LOCUTOR NERI NETO

Das 07:00 as 10:00

site-andrey
No comando: PROGRAMA CONEXÃO 87 – LOCUTOR ANDREY SALLES

Das 10:00 as 12:00

a-hora-do-forro-site-joao-bahiano
No comando: A HORA DO FORRÓ – LOCUTOR JOÃO BAHIANO

Das 12:00 as 13:00

site-teus-altares
No comando: PROGRAMA TEUS ALTARES METODISTA

Das 13:00 as 14:00

carvalho-de-justica-site
No comando: PROGRAMA CARVALHO DE JUSTIÇA – PASTOR JOSÉ ROBERTO

Das 13:00 as 15:00

val-silva-show-site
No comando: PROGRAMA VAL SILVA SHOW

Das 17:00 as 19:00

Doria veta projeto que concede desconto no IPVA para bons motoristas no estado de SP

Compartilhe:
João Doria Jr. - Velório Thomaz Alckmin - Sinagoga Hospital Albert Einstein-Morumbi em São Paulo.

O governador João Doria vetou integralmente o projeto de lei que oferecia descontos progressivos no Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para motoristas que não tivessem multas de trânsito. O veto foi publicado nesta quarta-feira (27) no Diário Oficial.

A justificativa utilizada pelo governador para não sancionar o projeto foi a do impacto aos cofres públicos. Segundo a argumentação, o projeto de lei não oferece medidas de compensação da receita que seria perdida com o oferecimento dos descontos.

O texto ainda ressalta que 50% do valor arrecadado com o imposto é destinado aos municípios e que o projeto não levou em conta essa questão para propor o desconto.

Desconto Progressivo

A Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovou no dia 23 de outubro um projeto de lei que prevê a concessão de descontos para bons motoristas no IPVA. O projeto previa que a cada ano sem infração de trânsito será concedido um desconto de 5% no IPVA, o percentual poderia chegar a 15%.

O projeto é de autoria da deputada estadual, Beth Sahão (PT). Segundo ela, a medida irá premiar os bons condutores. “Esse desconto é um prêmio para quem conduz o veículo com responsabilidade, não é multado e respeita as leis de trânsito. Respeitar as leis de trânsito é respeitar a vida”, disse.

A medida já foi adotada em outros estados, como Pará e Rio Grande do Sul.

Deixe seu comentário: